Como UX/UI Designers podem preparar-se e agir rápido em processos seletivos

Ver, ouvir, decidir

Quando uma oportunidade é aberta, o ponto de partida é você considerar a experiência de te contratar, entendendo a realidade de quem abriu a vaga. Na maioria dos casos, os tomadores de decisão são pessoas extremamente ocupadas, que não são especialistas em Recursos Humanos — e que além de avaliarem, ainda precisam cumprir suas diversas tarefas normais. Logo, entende-se que toda e qualquer ação a ser tomada por você nesse processo precisa ser prática, rápida e eficaz, estando orientadas a proporcionar uma jornada marcante ao contratante. Infelizmente, a realidade é bem diferente: eles tem que lidar com UX/UI Designers despreparados para uma avaliação e ausentes, fatores que fazem com que percam o timing da vaga porque forçam avaliadores a ter de esperar que se prepararem pra serem avaliados, e depois esperarem ainda mais por sua resposta tardia.

Vamos a um ponto básico: O que um avaliador quer?

  • Ver seus trabalhos para te dar credibilidade;
  • Ouvir as histórias e porquês que você irá dizer;
  • Decidir por sua contratação, pensando no máximo aproveitamento de suas habilidades.

Conforme citamos no artigo Como vagas de UX/UI Designer são abertas?, Quanto mais rápido for esse processo, melhor.

Uma alusão simples: Você é um fabricante de cadeiras. Seu telefone toca: é um cliente precisando urgentemente de uma nova cadeira, pois a dele quebrou. Ele diz: “Olá! Preciso de uma cadeira e não encontrei fotos da que você faz, pode me enviar?” Você então responde: “Não tenho fotos pra enviar agora, mas olha, a cadeira que eu faço é bonita, confortável e se adapta a qualquer ambiente. Vou tirar fotos e te mando!” Não poder ver a imagem vai imediatamente desencorajá-lo de sua intenção de compra, pois ele tem ciência de que a parte mais preocupante ainda está por vir: quando receber a cadeira, ele irá usá-la. Passar pela situação de não gostar da cadeira e ter que devolvê-la é sem dúvida o que ele não quer, e o primeiro sinal disso já é não ter conseguido nem ver a cadeira. Se isso acontecer, além de ainda não ter seu problema resolvido, a perda de tempo e a sensação de voltar à estaca zero é terrível.

No universo de contratação não é diferente. Candidatos não tem projetos atualizados pra mostrar, pedem mais tempo para montá-los e fazem alegações sem comprovação, esperando que o avaliador lhes dê um voto de confiança. Mas como você não é um objeto de varejo, se o avaliador se arrepender de sua decisão não poderá simplesmente ligar no SAC, devolver o produto e pedir outro, no caso deste ser ruim. Arrepender-se de uma contratação é um processo caro, estressante, demorado e até traumatizante, dependendo das atitudes de ambas as partes. Por isso, empresas são altamente criteriosas e exigentes em seus processos seletivos, e esperam que você dê respostas rápidas e certeiras pra que seu tempo renda. Antes de oferecer sua cadeira, mostre-a para despertar o desejo de compra no consumidor.

Preparação: A necessidade

Para UX/UI Designers, estar preparado representa muito mais do que somente estar disponível para atender uma ligação, responder um e-mail ou uma mensagem direta. Significa que você já precisa ter feito um conjunto de ações que são esperadas pelo recrutador. Mas o que eles pedem imediatamente para sua avaliação? Conforme falamos no artigo LinkedIn + Portfolio: Encontrando o ponto de equilíbrio, suas expectativas no primeiro momento consistem basicamente em encontrar um portfolio atualizado (para poderem avaliá-lo tecnicamente) e um perfil no LinkedIn (para poderem ver sua trajetória e experiência). O que passar disso pode ser considerado um fator a mais que te coloca à frente dos demais concorrentes.

Um bom exemplo desse over delivery seria ter um site próprio único, bonito, funcional e atualizado que já reúna as informações mais relevantes desses dois lugares, isentando o recrutador de ter que visitar mais de um lugar. Portanto, considere que ter tais fatores trabalhando por você é estar preparado. É completamente inadequado pedir ao avaliador que lhe dê mais tempo pra atualizar seu portfolio.

Presença: O senso de urgência

Partindo do pressuposto de que você está preparado para ser avaliado, passamos para a próxima fase, onde imediatamente avalia-se o seu comportamento. Daqui em diante, todas as suas ações estarão sendo “gravadas”, uma vez que os candidatos que não tinham perfil já foram desclassificados. Como você passou da primeira onda, as expectativas são maiores, e tendem a aumentar ainda mais nas próximas ondas. Por isso, é justamente nesse ponto que o senso de urgência toma a frente: Cada minuto investido em você deve compensar, afinal você ainda está concorrendo com outros profissionais, só que agora, iguais ou melhores do que você. Logo:

Faça o tempo trabalhar a seu favor.

A velocidade de suas ações é um ponto de grande valor. Além de revelar seu real e genuíno interesse na vaga, ela passa a impressão de respeito ao tempo do avaliador. Se tudo o que lhe for solicitado tiver uma resposta pronta, ganha-se mais pontos. Veja abaixo algumas dicas para você agir rápido:

Direcione seu portfolio à vaga

Se você tiver experiência em diversas indústrias e estiver se candidatando a uma vaga em um banco, por exemplo, é evidente que apresentar projetos relativos a essa indústria irá dar peso ao seu perfil. Por isso, faça alterações em seu portfolio de maneira a dar mais evidência a esses projetos. Essa ação precisa ser fácil, simples e rápida. Como você é um UX/UI Designer, não é difícil escolher uma plataforma de portfolios ou criar um site próprio que possibilite essa praticidade, certo?

Siga orientações de recrutadores

Se o processo seletivo estiver sendo conduzido por um recrutador especializado, as orientações provenientes dele fazem toda a diferença em suas chances, afinal, ele tem um conhecimento muito mais aprofundado da expectativa e do perfil da empresa contratante. Uma orientação frequente é que você desabilite projetos de outras vertentes do Design provenientes de sua experiência anterior (como Design Gráfico, Ilustração, Tipografia, e mais) do seu portfolio, para que o avaliador da empresa encontre somente e exatamente a competência pela qual ele tem a intenção de te contratar.

Crie uma apresentação específica

Como comentado por Lucas Hirata sobre como conseguiu entrevistas em empresas como Facebook e Google, se sua vontade de trabalhar em certa empresa for mesmo gigante, invista tempo em uma apresentação de alto impacto. Você não precisa de uma semana inteira pra isso: Seja rápido pra não perder o timing. Descubra quem são avaliadores e como impressioná-los, saiba tudo sobre a empresa, expresse sua relação pessoal com o produto dela, explique diretamente como sua presença pode conduzir a resultados. Fatores como esses fazem os olhos dos avaliadores brilharem, como se você estivesse entregando-lhes um presente.

Responda rápido a e-mails

Talvez por estarmos na era do contato direto, as pessoas tendem a pensar que e-mails não são mais uma forma eficaz de comunicação. Errado. A questão mais importante dos e-mails é a documentação, ou seja, a trajetória de sua presença na caixa de entrada das empresas será informada posteriormente a outras pessoas. Com isso, responder rapidamente a e-mails constrói uma imagem de colaboração e prestatividade, de forma comprovada.

Atenda a contatos diretos

Não custa dizer que você precisa atender a seu telefone e esponder mensagens. Como é improvável que avaliadores te liguem diretamente sem antes terem trocado e-mails ou mensagens, essa ligação normalmente já é esperada. Ou seja, não há justificativa para recusá-la. A inacessibilidade a você pode passar uma idéia de descaso e desinteresse, levantando uma red flag de que talvez, quando contratado, você desapareça sem dar satisfações.

Conclusão

Estar preparado para agir rápido em um processo seletivo é fundamental para que você obtenha sucesso. Para isso, garanta que tudo o que está em seu controle esteja atualizado e seja de fácil edição, para facilitar a todos os envolvidos no processo.

We use cookies to give you the best experience. Cookie Policy

  1. Home
  2. Comportamento
  3. Senso de urgência é necessário?

Senso de urgência é necessário?

Como UX/UI Designers podem preparar-se e agir rápido em processos seletivos

Ver, ouvir, decidir

Quando uma oportunidade é aberta, o ponto de partida é você considerar a experiência de te contratar, entendendo a realidade de quem abriu a vaga. Na maioria dos casos, os tomadores de decisão são pessoas extremamente ocupadas, que não são especialistas em Recursos Humanos — e que além de avaliarem, ainda precisam cumprir suas diversas tarefas normais. Logo, entende-se que toda e qualquer ação a ser tomada por você nesse processo precisa ser prática, rápida e eficaz, estando orientadas a proporcionar uma jornada marcante ao contratante. Infelizmente, a realidade é bem diferente: eles tem que lidar com UX/UI Designers despreparados para uma avaliação e ausentes, fatores que fazem com que percam o timing da vaga porque forçam avaliadores a ter de esperar que se prepararem pra serem avaliados, e depois esperarem ainda mais por sua resposta tardia.

Vamos a um ponto básico: O que um avaliador quer?

  • Ver seus trabalhos para te dar credibilidade;
  • Ouvir as histórias e porquês que você irá dizer;
  • Decidir por sua contratação, pensando no máximo aproveitamento de suas habilidades.

Conforme citamos no artigo Como vagas de UX/UI Designer são abertas?, Quanto mais rápido for esse processo, melhor.

Uma alusão simples: Você é um fabricante de cadeiras. Seu telefone toca: é um cliente precisando urgentemente de uma nova cadeira, pois a dele quebrou. Ele diz: “Olá! Preciso de uma cadeira e não encontrei fotos da que você faz, pode me enviar?” Você então responde: “Não tenho fotos pra enviar agora, mas olha, a cadeira que eu faço é bonita, confortável e se adapta a qualquer ambiente. Vou tirar fotos e te mando!” Não poder ver a imagem vai imediatamente desencorajá-lo de sua intenção de compra, pois ele tem ciência de que a parte mais preocupante ainda está por vir: quando receber a cadeira, ele irá usá-la. Passar pela situação de não gostar da cadeira e ter que devolvê-la é sem dúvida o que ele não quer, e o primeiro sinal disso já é não ter conseguido nem ver a cadeira. Se isso acontecer, além de ainda não ter seu problema resolvido, a perda de tempo e a sensação de voltar à estaca zero é terrível.

No universo de contratação não é diferente. Candidatos não tem projetos atualizados pra mostrar, pedem mais tempo para montá-los e fazem alegações sem comprovação, esperando que o avaliador lhes dê um voto de confiança. Mas como você não é um objeto de varejo, se o avaliador se arrepender de sua decisão não poderá simplesmente ligar no SAC, devolver o produto e pedir outro, no caso deste ser ruim. Arrepender-se de uma contratação é um processo caro, estressante, demorado e até traumatizante, dependendo das atitudes de ambas as partes. Por isso, empresas são altamente criteriosas e exigentes em seus processos seletivos, e esperam que você dê respostas rápidas e certeiras pra que seu tempo renda. Antes de oferecer sua cadeira, mostre-a para despertar o desejo de compra no consumidor.

Preparação: A necessidade

Para UX/UI Designers, estar preparado representa muito mais do que somente estar disponível para atender uma ligação, responder um e-mail ou uma mensagem direta. Significa que você já precisa ter feito um conjunto de ações que são esperadas pelo recrutador. Mas o que eles pedem imediatamente para sua avaliação? Conforme falamos no artigo LinkedIn + Portfolio: Encontrando o ponto de equilíbrio, suas expectativas no primeiro momento consistem basicamente em encontrar um portfolio atualizado (para poderem avaliá-lo tecnicamente) e um perfil no LinkedIn (para poderem ver sua trajetória e experiência). O que passar disso pode ser considerado um fator a mais que te coloca à frente dos demais concorrentes.

Um bom exemplo desse over delivery seria ter um site próprio único, bonito, funcional e atualizado que já reúna as informações mais relevantes desses dois lugares, isentando o recrutador de ter que visitar mais de um lugar. Portanto, considere que ter tais fatores trabalhando por você é estar preparado. É completamente inadequado pedir ao avaliador que lhe dê mais tempo pra atualizar seu portfolio.

Presença: O senso de urgência

Partindo do pressuposto de que você está preparado para ser avaliado, passamos para a próxima fase, onde imediatamente avalia-se o seu comportamento. Daqui em diante, todas as suas ações estarão sendo “gravadas”, uma vez que os candidatos que não tinham perfil já foram desclassificados. Como você passou da primeira onda, as expectativas são maiores, e tendem a aumentar ainda mais nas próximas ondas. Por isso, é justamente nesse ponto que o senso de urgência toma a frente: Cada minuto investido em você deve compensar, afinal você ainda está concorrendo com outros profissionais, só que agora, iguais ou melhores do que você. Logo:

Faça o tempo trabalhar a seu favor.

A velocidade de suas ações é um ponto de grande valor. Além de revelar seu real e genuíno interesse na vaga, ela passa a impressão de respeito ao tempo do avaliador. Se tudo o que lhe for solicitado tiver uma resposta pronta, ganha-se mais pontos. Veja abaixo algumas dicas para você agir rápido:

Direcione seu portfolio à vaga

Se você tiver experiência em diversas indústrias e estiver se candidatando a uma vaga em um banco, por exemplo, é evidente que apresentar projetos relativos a essa indústria irá dar peso ao seu perfil. Por isso, faça alterações em seu portfolio de maneira a dar mais evidência a esses projetos. Essa ação precisa ser fácil, simples e rápida. Como você é um UX/UI Designer, não é difícil escolher uma plataforma de portfolios ou criar um site próprio que possibilite essa praticidade, certo?

Siga orientações de recrutadores

Se o processo seletivo estiver sendo conduzido por um recrutador especializado, as orientações provenientes dele fazem toda a diferença em suas chances, afinal, ele tem um conhecimento muito mais aprofundado da expectativa e do perfil da empresa contratante. Uma orientação frequente é que você desabilite projetos de outras vertentes do Design provenientes de sua experiência anterior (como Design Gráfico, Ilustração, Tipografia, e mais) do seu portfolio, para que o avaliador da empresa encontre somente e exatamente a competência pela qual ele tem a intenção de te contratar.

Crie uma apresentação específica

Como comentado por Lucas Hirata sobre como conseguiu entrevistas em empresas como Facebook e Google, se sua vontade de trabalhar em certa empresa for mesmo gigante, invista tempo em uma apresentação de alto impacto. Você não precisa de uma semana inteira pra isso: Seja rápido pra não perder o timing. Descubra quem são avaliadores e como impressioná-los, saiba tudo sobre a empresa, expresse sua relação pessoal com o produto dela, explique diretamente como sua presença pode conduzir a resultados. Fatores como esses fazem os olhos dos avaliadores brilharem, como se você estivesse entregando-lhes um presente.

Responda rápido a e-mails

Talvez por estarmos na era do contato direto, as pessoas tendem a pensar que e-mails não são mais uma forma eficaz de comunicação. Errado. A questão mais importante dos e-mails é a documentação, ou seja, a trajetória de sua presença na caixa de entrada das empresas será informada posteriormente a outras pessoas. Com isso, responder rapidamente a e-mails constrói uma imagem de colaboração e prestatividade, de forma comprovada.

Atenda a contatos diretos

Não custa dizer que você precisa atender a seu telefone e esponder mensagens. Como é improvável que avaliadores te liguem diretamente sem antes terem trocado e-mails ou mensagens, essa ligação normalmente já é esperada. Ou seja, não há justificativa para recusá-la. A inacessibilidade a você pode passar uma idéia de descaso e desinteresse, levantando uma red flag de que talvez, quando contratado, você desapareça sem dar satisfações.

Conclusão

Estar preparado para agir rápido em um processo seletivo é fundamental para que você obtenha sucesso. Para isso, garanta que tudo o que está em seu controle esteja atualizado e seja de fácil edição, para facilitar a todos os envolvidos no processo.

Mao Barros

Mao Barros

Receba alertas de novas vagas

Receba vagas originais da Deeploy e vagas da comunidade em seu e-mail toda semana.