Investir na experiência do usuário pode trazer grandes benefícios para uma empresa. Mas como saber se esse investimento realmente vale a pena?

É aí que entra o ROI (Retorno sobre Investimento). Vamos entender juntos como calcular e interpretar o ROI em UX, de maneira simples e prática.

O que é ROI?

ROI significa “Return on Investment” ou, em português, “Retorno sobre Investimento”. É uma métrica que ajuda a saber quanto dinheiro uma empresa ganha em comparação ao que ela gastou. Em outras palavras, o ROI mostra se o dinheiro investido em algo, como melhorias na UX, trouxe mais dinheiro de volta.

Por que o ROI é importante na UX?

Melhorar a experiência do usuário é essencial para que os clientes gostem mais de um produto ou serviço. Isso pode levar a:

Mais vendas: clientes satisfeitos compram mais.
Menos custos: menos problemas e menos necessidade de suporte ao cliente.
Fidelidade: clientes satisfeitos voltam e recomendam o produto.

Mas essas melhorias têm um custo, como a contratação de designers, realização de pesquisas, e desenvolvimento de novas funcionalidades. O ROI ajuda a entender se esses custos valem a pena.

Como calcular o ROI em UX?

Vamos ver como calcular o ROI em UX em três etapas simples:

1. Identifique os custos:
Pesquisa e testes: quanto foi gasto para entender os problemas dos usuários e testar novas ideias.
Design: salários dos designers e outros profissionais envolvidos.
Implementação: custos de desenvolvimento e implementação das melhorias.

2. Identifique os benefícios:
Aumento nas vendas: o quanto as vendas aumentaram depois das melhorias.
Redução de custos: dinheiro economizado por precisar de menos suporte ao cliente.
Retenção de clientes: mais clientes voltando a usar o produto.

3. Calcule o ROI:
Fórmula do ROI:

Onde:
– Ganho: benefícios financeiros (ex: aumento nas vendas).
– Custo: total dos custos com melhorias de UX.

Exemplo prático

Imagine que uma empresa investiu R$ 50.000 em melhorias de UX. Depois dessas melhorias, as vendas aumentaram em R$ 150.000. O ROI seria calculado assim:

Isso significa que para cada real investido, a empresa ganhou três reais de volta.

Benefícios adicionais

Além do retorno financeiro direto, investir em UX traz outros benefícios:

  • Clientes mais felizes: satisfação do cliente melhora, aumentando a chance de recomendações.
  • Imagem da marca: uma boa experiência de usuário pode melhorar a reputação da empresa.
  • Inovação: investir em UX mantém a empresa competitiva e inovadora.

Conclusão

Calcular o ROI em UX é uma ótima maneira de mostrar que investir na experiência do usuário vale a pena. Mesmo que pareça complicado, entender os custos e benefícios ajuda a tomar decisões mais informadas e melhorar continuamente o produto ou serviço oferecido. Então, sempre que pensar em melhorar a UX, lembre-se de considerar o ROI para ver o impacto real no seu negócio.

E ao inserir a Deeploy no planejamento da área, maior poderá ser o retorno sobre investimento, já que entregamos uma gestão completa de profissionais da área de UX e Produto para a sua empresa, levando qualidade, comprometimento e rapidez nos serviços. Entre em contato com a nossa equipe e veja o que podemos fazer pelo seu negócio.

We use cookies to give you the best experience. Cookie Policy

  1. Home
  2. Artigos
  3. Como funciona o ROI em UX?

Como funciona o ROI em UX?

Investir na experiência do usuário pode trazer grandes benefícios para uma empresa. Mas como saber se esse investimento realmente vale a pena?

É aí que entra o ROI (Retorno sobre Investimento). Vamos entender juntos como calcular e interpretar o ROI em UX, de maneira simples e prática.

O que é ROI?

ROI significa "Return on Investment" ou, em português, "Retorno sobre Investimento". É uma métrica que ajuda a saber quanto dinheiro uma empresa ganha em comparação ao que ela gastou. Em outras palavras, o ROI mostra se o dinheiro investido em algo, como melhorias na UX, trouxe mais dinheiro de volta.

Por que o ROI é importante na UX?

Melhorar a experiência do usuário é essencial para que os clientes gostem mais de um produto ou serviço. Isso pode levar a:

Mais vendas: clientes satisfeitos compram mais.
Menos custos: menos problemas e menos necessidade de suporte ao cliente.
Fidelidade: clientes satisfeitos voltam e recomendam o produto.

Mas essas melhorias têm um custo, como a contratação de designers, realização de pesquisas, e desenvolvimento de novas funcionalidades. O ROI ajuda a entender se esses custos valem a pena.

Como calcular o ROI em UX?

Vamos ver como calcular o ROI em UX em três etapas simples:

1. Identifique os custos:
Pesquisa e testes: quanto foi gasto para entender os problemas dos usuários e testar novas ideias.
Design: salários dos designers e outros profissionais envolvidos.
Implementação: custos de desenvolvimento e implementação das melhorias.

2. Identifique os benefícios:
Aumento nas vendas: o quanto as vendas aumentaram depois das melhorias.
Redução de custos: dinheiro economizado por precisar de menos suporte ao cliente.
Retenção de clientes: mais clientes voltando a usar o produto.

3. Calcule o ROI:
Fórmula do ROI:

Onde:
- Ganho: benefícios financeiros (ex: aumento nas vendas).
- Custo: total dos custos com melhorias de UX.

Exemplo prático

Imagine que uma empresa investiu R$ 50.000 em melhorias de UX. Depois dessas melhorias, as vendas aumentaram em R$ 150.000. O ROI seria calculado assim:

Isso significa que para cada real investido, a empresa ganhou três reais de volta.

Benefícios adicionais

Além do retorno financeiro direto, investir em UX traz outros benefícios:

  • Clientes mais felizes: satisfação do cliente melhora, aumentando a chance de recomendações.
  • Imagem da marca: uma boa experiência de usuário pode melhorar a reputação da empresa.
  • Inovação: investir em UX mantém a empresa competitiva e inovadora.

Conclusão

Calcular o ROI em UX é uma ótima maneira de mostrar que investir na experiência do usuário vale a pena. Mesmo que pareça complicado, entender os custos e benefícios ajuda a tomar decisões mais informadas e melhorar continuamente o produto ou serviço oferecido. Então, sempre que pensar em melhorar a UX, lembre-se de considerar o ROI para ver o impacto real no seu negócio.

E ao inserir a Deeploy no planejamento da área, maior poderá ser o retorno sobre investimento, já que entregamos uma gestão completa de profissionais da área de UX e Produto para a sua empresa, levando qualidade, comprometimento e rapidez nos serviços. Entre em contato com a nossa equipe e veja o que podemos fazer pelo seu negócio.

Victoria Kiomy

Victoria Kiomy

Receba alertas de novas vagas

Receba vagas originais da Deeploy e vagas da comunidade em seu e-mail toda semana.